terça-feira, maio 28, 2024
spot_img
- PUBLICIDADE -
Publicidade
- PUBLICIDADE -
Publicidade
InícioBarra VelhaBarra Velha lança oficialmente marco zero para qualificação ao programa Bandeira Azul

Barra Velha lança oficialmente marco zero para qualificação ao programa Bandeira Azul

Nem mesmo a chuva impediu o lançamento da fase piloto do Programa Bandeira Azul na Praia do Cerro, em Barra Velha, na última segunda-feira, 6 de dezembro. A cidade iniciou a semana comemorando novidades na véspera do aniversário de 60 anos, simbolizado pela placa de acompanhamento das recomendações inaugurada na orla da praia, um ato divisor de águas para visibilidade turística e ecológica do município.

Na cerimônia, estavam representantes da construtora Vetter, Rôgga Empreendimentos, Abecker Loteamentos, o deputado estadual Maurício Skudlark, a presidenta do Instituto do Meio Ambiente de Balneário Piçarras, Rosimeri Bona, o pesquisador Rodrigo Mazzoleni, representando a equipe do Plano de Manejo do Parque Caminho do Peabiru de Barra Velha pelo Laboratório de Conservação e Gestão Costeira da Univali, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Aldair Nizer, o Poder Legislativo os vereadores Levi Freitas (Republicanos) e Caio Pinheiro (PL), a secretária de Assistência Social, Elisandra Fermiano Schemes e representantes da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Regional de Itajuba – Sedri.

A cidade terá dois anos para se adequar às recomendações apontadas pelo relatório do Instituto Ambientes em Rede, responsável pelo programa no Brasil. A proposta é que o município conquiste a certificação antes mesmo do prazo final.

Algumas ações já começaram, como por exemplo, as coletas para amostras de qualidade da água, efetuadas pelo Laboratório CleAn, da Universidade do Vale do Itajaí. O Comitê Gestor para decidir sobre as ações do programa também já foi formado pelo poder público e integrantes da sociedade civil.

Outras adequações técnicas na orla já são previstas para 2022, principalmente na questão de acessibilidade. As principais recomendações são a instalação de banheiros adaptados e a demarcação de vagas de estacionamento específico para idosos e cadeirantes. E também a aquisição de novas cadeiras anfíbias para integrar a frota que ficará à disposição dos banhistas.

Durante o evento, o presidente da Fundação de Turismo, Esporte e Cultura – Fumtec de Barra Velha, Pierre Costa, avaliou que a fase piloto será cumprida com rigor e será executada em tempo recorde para que a praia do Cerro esteja certificada antes da temporada de verão 2022/2023. “Formamos o Comitê Gestor que irá fiscalizar e orientar as ações para a implantação do Bandeira Azul na Praia do Cerro com participação atuante de representantes da sociedade civil e do poder público preocupados com a sustentabilidade, o turismo e o meio ambiente”, frisou.

O presidente da Fundação Municipal de Meio Ambiente de Barra Velha (Fundema), Giovanni Tomazelli, destacou, durante a cerimônia, que a sustentabilidade é o caminho para unir preservação da natureza com desenvolvimento do turismo. “Nós temos a chance de estar na vanguarda das praias do Litoral Norte Catarinense que se destacam por serem sustentáveis e, futuramente, urbanizadas com atração de investimentos conscientes e ecológicos para a cidade”, avaliou.

Em sua fala, o prefeito de Barra Velha, Douglas Elias da Costa, comentou que o município terá uma identidade ainda melhor daqui para frente, passando a ser procurada e reconhecida pela praia do Cerro que abrirá caminho para certificar as demais praias da cidade. “É a partir desse ato que Barra Velha iniciará uma nova fase. Somos a cidade com a primeira vista para o mar do Litoral Norte Catarinense quando o visitante percorre a rodovia BR-101 sentido à Florianópolis e, por isso, começaremos com a Praia do Cerro e colocaremos Barra Velha na rota mundial dos destinos turísticos naturais e sustentáveis”, adiantou.

De acordo com o assessor técnico de implantação da Fase Piloto, Luis Varela, os critérios para avaliação de uma praia envolvem educação e informação ambiental, qualidade da água, gestão ambiental, segurança e serviços. “O município terá que instalar sinalização adequada do trecho, ampliar a quantidade de lixeiras padronizadas, garantia de maior segurança na praia, dar visibilidade às ações, além da ativação de um grupo gestor da praia atuante com a maior participação da comunidade e interessados para decidir as realizações”, destacou.

Programa Bandeira Azul

O Programa Bandeira Azul é uma certificação internacional que tem como objetivo elevar o grau de conscientização dos cidadãos para a necessidade de se proteger o ambiente marinho e costeiro e incentivar a realização de ações educativas. O Programa Bandeira Azul é uma iniciativa da FEE (Foundation for Environmental Education) que conta hoje com apoio de diversas instituições internacionais.

Autoridades prestigiaram o lançamento oficial da fase piloto do Bandeira Azul em Barra Velha. Foto: Fernando Schroeder.
Campanha Saúde Balneário Piçarras 2023
Campanha Educação Balneário Piçarras
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -
Publicidade

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -
Publicidade

Colunistas

Prefeitura de Penha inicia projeto de revitalização da Avenida Eugênio Krause

0
“Esse é um projeto que eleva a capacidade de fluidez e mobilidade do trânsito central da nossa cidade. Com esse arrojado projeto, caminhamos em...
O professor é um mediador que coloca o aluno em um contato direto com conceitos e fontes adequadas.

Estreia coluna Sala dos Professores Opinião: Orgulho e representatividade

0
Neste sábado, especial dia dos mestres, estreia a coluna Sala dos Professores. O professor historiador Jairo Demm Junkes relata momentos do conhecimento e a figura da mediação dos professores com a sempre generosa cortesia da distribuíção dos méritos. A coluna recebe artigos inéditos dos profissionais da educação.
E não é só em números de aparelhos que nosso país está nas primeiras posições, em média gastamos 4 horas e 40 minutos diariamente (média) na frente deste aparelhinho. O smartphone virou o companheiro inseparável, vai desde o banheiro até a cama.

Uso excessivo do celular pode prejudicar postura

0
Professor Marcelo nos orienta na coluna Vida & movimento de hoje sobre os malefícios do uso excessivo do celular
Aproveitem a estação com muito movimento, fiquem ativos, fiquem bem.

Apesar do outono favorecer sedentarismo, é importante manter foco nas atividades físicas

0
Professor Marcelo Albuquerque alerta para espantar a preguiça na estação outono
- PUBLICIDADE -
Publicidade

Comentários recentes