quinta-feira, maio 23, 2024
spot_img
- PUBLICIDADE -
Publicidade
- PUBLICIDADE -
Publicidade
InícioPenhaEscorpiões amarelos em Gravatá

Escorpiões amarelos em Gravatá

Agentes endêmicos localizam dois escorpiões amarelos em Gravatá
Os animais peçonhentos foram localizados em uma residência da Rua Arno Becker, na localidade da praia de São Miguel

A equipe de endemias da Vigilância Sanitária de Penha localizou na madrugada desta terça-feira, 10, dois escorpiões Tityus serrulatus (escorpião Amarelo), em uma residência da Rua Arno Becker, na localidade da praia de São Miguel, em Gravatá. A equipe monitora a localidade em busca de novos animais: alertas podem ser feitos ao telefone da Vigilância, o 3345.8283, que também funciona como WhatsApp.
“Não existe controle químico, somente controle mecânico, por isso nossos agentes endêmicos têm atuado com base em denúncias e investigação no local”, explica o coordenador do Programa de Combate à Dengue de Penha, Alexandre Deolindo. Os escorpiões possuem hábitos noturnos, permanecendo escondidos durante o dia em locais úmidos e escuros. A recomendação, é manter o terreno residencial sempre limpo.
“Desta forma, a principal medida para evitar a presença do animal é a limpeza periódica de terrenos, evitando o acúmulo de lixo e materiais de construção, pois esses são locais que podem atrair insetos, como baratas, que são sua principal fonte de alimento”, recomenda Alexandre. Os escorpiões também podem entrar em residências pelas redes de esgoto. Assim, é orientado que se vede ralos e caixas de gordura.
“Inseticidas ou outros venenos não possuem eficácia comprovada contra a espécie. Também é preciso atenção antes de vestir-se ou calçar um tênis ou sapato, pois o escorpião pode ter se escondido ali”, alerta Alexandre, reforçando que a região onde os dois escorpiões foram localizados já vinha sendo monitorada há algum tempo.
O Tityus serrulatus tem por característica possui as pernas e cauda amarelo-clara, e o tronco escuro. Tem comprimento de até 7 centímetros. O veneno é injetado por um ferrão na ponta da cauda. Sua reprodução pode ser por partenogenética, ou seja, a fêmea não precisa do macho para a fecundação, podendo gerar até 20 filhotes por vez. Por ser peçonhento, em caso de picada de escorpião, os primeiros socorros são: lavar o local da picada com água e sabão; manter o local da picada voltado para cima; não cortar, furar ou apertar o local da picada; beber bastante água; dirigir-se, imediatamente, ao Pronto de Atendimento 24h.

Campanha Saúde Balneário Piçarras 2023
Campanha Educação Balneário Piçarras
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -
Publicidade

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -
Publicidade

Colunistas

Prefeitura de Penha inicia projeto de revitalização da Avenida Eugênio Krause

0
“Esse é um projeto que eleva a capacidade de fluidez e mobilidade do trânsito central da nossa cidade. Com esse arrojado projeto, caminhamos em...
O professor é um mediador que coloca o aluno em um contato direto com conceitos e fontes adequadas.

Estreia coluna Sala dos Professores Opinião: Orgulho e representatividade

0
Neste sábado, especial dia dos mestres, estreia a coluna Sala dos Professores. O professor historiador Jairo Demm Junkes relata momentos do conhecimento e a figura da mediação dos professores com a sempre generosa cortesia da distribuíção dos méritos. A coluna recebe artigos inéditos dos profissionais da educação.
E não é só em números de aparelhos que nosso país está nas primeiras posições, em média gastamos 4 horas e 40 minutos diariamente (média) na frente deste aparelhinho. O smartphone virou o companheiro inseparável, vai desde o banheiro até a cama.

Uso excessivo do celular pode prejudicar postura

0
Professor Marcelo nos orienta na coluna Vida & movimento de hoje sobre os malefícios do uso excessivo do celular
Aproveitem a estação com muito movimento, fiquem ativos, fiquem bem.

Apesar do outono favorecer sedentarismo, é importante manter foco nas atividades físicas

0
Professor Marcelo Albuquerque alerta para espantar a preguiça na estação outono
- PUBLICIDADE -
Publicidade

Comentários recentes