terça-feira, junho 25, 2024
spot_img
- PUBLICIDADE -
Publicidade
- PUBLICIDADE -
Publicidade
InícioSanta CatarinaInicia o período de testes do acostamento como terceira faixa na região...

Inicia o período de testes do acostamento como terceira faixa na região da AMFRI

Para essa medida, um horário foi pré-estabelecido, sendo das 14 horas até as 22 horas.

Reuniões realizadas nesta semana tem desfecho positivo e um passo importante foi dado para a mobilidade da BR-101 na nossa região. Entre os dias 27 e 29 de novembro, o presidente da AMFRI, Paulo Henrique Dalago Muller acompanhado do prefeito de Navegantes, Libardoni Fronza e do Diretor Executivo do CIM-AMFRI, Jaylon Jander estiveram em Brasília para reuniões com a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e Arteris Litoral Sul.

Nestas reuniões foi possível ajustar com a ANTT, a Arteris Litoral e a Polícia Rodoviária Federal a liberação dos acostamentos como criação de uma terceira faixa, entre o final do mês de dezembro e a última semana do mês de março para que seja possível minimizar ao máximo o congestionamento no trajeto que envolve os municípios da AMFRI.

O trajeto entre Balneário Piçarras e Porto Belo sofre com o grave congestionamento e, durante o verão, com o número elevado de pessoas visitando a região, acaba se intensificando.

Esse momento onde o acostamento servirá como terceira faixa faz parte de um planejamento no qual mais medidas devem ser tomadas posteriormente. Para essa medida, um horário foi pré-estabelecido, sendo das 14 horas até as 22 horas.

O trajeto beneficiado com essa medida abrange desde a entrada do município de Porto Belo até a divisa entre Balneário Piçarras e Barra Velha, sendo nos dois sentidos, tanto Norte-Sul quanto Sul-Norte.

Vale ressaltar também que a terceira faixa nesse trajeto já terá testes acontecendo entre os dias 15 e 17 de dezembro com um trecho um pouco reduzido, entre Itapema e Navegantes onde há o trevo da SC-470. Esses testes são necessários para ver como se comporta a liberação, pois envolvem investimentos de quase 12 milhões de reais, placas horizontais e verticais por 120 kilometros (60 kilometros norte/sul e 60 kilometros sul/norte), além de uma camada de asfalto no pavimento dos acostamentos.

“Esta, com certeza, é uma grande vitória para nossa região e mostra união dos prefeitos da AMFRI e a importância do trabalho de forma regionalizada. Agradeço também o esforço da Deputada Paulinha e do Senador Espiridião Amim que estão sendo fundamentais”, destacou Paulo Henrique Dalago Muller, Presidente da AMFRI e prefeito de Bombinhas.

“Esse teste trará com certeza um resultado positivo e será um passo importante para o desenvolvimento da nossa região. Essa medida é paliativa mas já ajudará muito o trânsito nesse trajeto e servirá como um salto para que as próximas medidas também sejam aprovadas”, complementou o prefeito de Navegantes, Libardoni Fronza.

A liberação do acostamento como terceira faixa é apenas o início de uma série de medidas descridas no projeto para acabar de vez com o congestionamento no trajeto entre Balneário Piçarras e Porto Belo. Mais ações estão sendo trabalhadas e a ideia é que soluções sejam efetivadas de forma definitiva.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -
Publicidade

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -
Publicidade

Colunistas

Prefeitura de Penha inicia projeto de revitalização da Avenida Eugênio Krause

0
“Esse é um projeto que eleva a capacidade de fluidez e mobilidade do trânsito central da nossa cidade. Com esse arrojado projeto, caminhamos em...
O professor é um mediador que coloca o aluno em um contato direto com conceitos e fontes adequadas.

Estreia coluna Sala dos Professores Opinião: Orgulho e representatividade

0
Neste sábado, especial dia dos mestres, estreia a coluna Sala dos Professores. O professor historiador Jairo Demm Junkes relata momentos do conhecimento e a figura da mediação dos professores com a sempre generosa cortesia da distribuíção dos méritos. A coluna recebe artigos inéditos dos profissionais da educação.
E não é só em números de aparelhos que nosso país está nas primeiras posições, em média gastamos 4 horas e 40 minutos diariamente (média) na frente deste aparelhinho. O smartphone virou o companheiro inseparável, vai desde o banheiro até a cama.

Uso excessivo do celular pode prejudicar postura

0
Professor Marcelo nos orienta na coluna Vida & movimento de hoje sobre os malefícios do uso excessivo do celular
Aproveitem a estação com muito movimento, fiquem ativos, fiquem bem.

Apesar do outono favorecer sedentarismo, é importante manter foco nas atividades físicas

0
Professor Marcelo Albuquerque alerta para espantar a preguiça na estação outono
- PUBLICIDADE -
Publicidade

Comentários recentes