quinta-feira, maio 23, 2024
spot_img
- PUBLICIDADE -
Publicidade
- PUBLICIDADE -
Publicidade
InícioPenhaDesembargador do TJSC cassa liminar e cancela Motocarrero em fim de semana...

Desembargador do TJSC cassa liminar e cancela Motocarrero em fim de semana marcado por insegurança

Participantes do evento fizeram da cidade de Penha um parque de diversão e moradores se sentiram cercados por ameaças e desrespeito às regras de trânsito.

O desembargador do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), Carlos Roberto da Silva, cassou a liminar conquistada pelos organizadores do 7º MotoCarrero e manteve a revogação do alvará de funcionamento do evento. A decisão foi publicada às 21h51, com o cancelamento sendo efetivado por volta das 1h deste domingo, 13, por meio da entrega da notificação pela equipe técnica da Prefeitura e Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC).

A decisão do magistrado foi fundamentada ao longo de seis laudas, frisando ao final que é eminente o “perigo de dano de difícil reparação, diante dos claros indícios de que o mencionado encontro de motociclistas tem provocado preocupante transtornos à ordem pública”. O agravo foi protocolizado pelo setor jurídico da Prefeitura às 18h30, após coleta de relatos, fotos e filmagens que deram sustentação à tese da municipalidade.

O prefeito da cidade frisou que “é uma decisão sábia e pautada no bem da ordem comum. Desde quinta-feira, 10, a cidade vem registrando intensos atos de vandalismo por uma pequena parte dos participantes deste evento, causando ainda a perda da paz das pessoas que aqui residem ou estão ao turismo do bem”, comentou, Aquiles da Costa (MDB) – que durante o final de semana recebeu uma série de ameaças públicas de influenciadores do meio.

A moradora do bairro Armação, Patrícia Motta, lamentou a situação dizendo que esse não é o tipo de turismo que queremos e que Penha merece. “Já na quinta-feira, tivemos o início da baderna devido ao evento do final de semana. Já chegaram desrespeitando a tudo e a todos com barulheira, gritaria, interrompendo o trânsito na avenida principal. Na sexta, começaram cedo a incomodar, tanto que a comunidade local se movimentou chamando as autoridades. Mas graças a união todo vieram as ações imediatas para amenizar o problema que estava ocasionando na cidade. Temos que repensar o turismo a partir dessa lição”, frisou a moradora.

O secretário da Fazenda, Eduardo Bueno, entregou aos organizadores a nova decisão judicial. “Penha sempre abraçou este evento, tanto que alcançou sua sétima edição. Mas, o que tem se visto é um completo desrespeito às normais mais basilares da segurança pública, do trânsito e da vida. Lamentamos que a situação tenha chegado neste estágio, mas a ordem pública está acima de tudo”, comentou.

Na manhã de sábado, 12 os organizadores do 7º MotoCarrero obtiveram liminar judicial para realizar o evento neste final de semana. A decisão foi chancelada pelo juiz de plantão do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), Daniel Lazzarin Coutinho, pontuando que o alvará expedido pela Polícia Civil é “documento apto a atestar a viabilidade do evento”. Com a cassação da liminar, o evento não possui chancela para continuar.

Campanha Saúde Balneário Piçarras 2023
Campanha Educação Balneário Piçarras
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -
Publicidade

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -
Publicidade

Colunistas

Prefeitura de Penha inicia projeto de revitalização da Avenida Eugênio Krause

0
“Esse é um projeto que eleva a capacidade de fluidez e mobilidade do trânsito central da nossa cidade. Com esse arrojado projeto, caminhamos em...
O professor é um mediador que coloca o aluno em um contato direto com conceitos e fontes adequadas.

Estreia coluna Sala dos Professores Opinião: Orgulho e representatividade

0
Neste sábado, especial dia dos mestres, estreia a coluna Sala dos Professores. O professor historiador Jairo Demm Junkes relata momentos do conhecimento e a figura da mediação dos professores com a sempre generosa cortesia da distribuíção dos méritos. A coluna recebe artigos inéditos dos profissionais da educação.
E não é só em números de aparelhos que nosso país está nas primeiras posições, em média gastamos 4 horas e 40 minutos diariamente (média) na frente deste aparelhinho. O smartphone virou o companheiro inseparável, vai desde o banheiro até a cama.

Uso excessivo do celular pode prejudicar postura

0
Professor Marcelo nos orienta na coluna Vida & movimento de hoje sobre os malefícios do uso excessivo do celular
Aproveitem a estação com muito movimento, fiquem ativos, fiquem bem.

Apesar do outono favorecer sedentarismo, é importante manter foco nas atividades físicas

0
Professor Marcelo Albuquerque alerta para espantar a preguiça na estação outono
- PUBLICIDADE -
Publicidade

Comentários recentes