terça-feira, abril 16, 2024
spot_img
- PUBLICIDADE -
Publicidade
- PUBLICIDADE -
Publicidade
InícioEleições 2022Rubens Angioletti assume a presidência da Câmara de Vereadores de Itajaí

Rubens Angioletti assume a presidência da Câmara de Vereadores de Itajaí

Marcelo Werner solicita afastamento para iniciar campanha eleitoral

O vereador Rubens Angioletti (sem partido) assume a presidência do legislativo de Itajaí pelos próximos 31 dias. Ele substituirá o vereador Marcelo Werner (PSC), que se afasta das atividades parlamentares para cumprir agenda política nesta eleição.

O parlamentar garante que nessas próximas semanas dará sequência aos trabalhos em harmonia com os demais vereadores e o Poder Executivo, como já vinha sendo feito pelo presidente Marcelo Werner, com decisões conjuntas.

Quem é Rubens Angioletti
Rubens nasceu em 30 de maio de 1971. Morou nos bairros Nossa Senhora das Graças, São João (beira do rio Itajaí-Mirim), São Vicente e Itaipava, esse último onde reside há mais de 20 anos.

Estudou em escolas públicas e o segundo grau no Centro de Educação de Jovens e Adultos – CEJA, já que desde cedo precisou trabalhar. Formado em Jornalismo pela Univali, ajudou a construir a audiência da TVBE e rádio 106,7 FM, onde ficou por 12 anos. Atualmente, cursa direito na Univali. “Acredito que com a advocacia me qualificarei para servir a população com mais eficiência”, comenta o parlamentar.

Antes disso, seu primeiro emprego foi como ajudante na antiga fábrica de balas de banana de Itajaí. Trabalhou como vendedor de picolé, em empresas pesqueiras e também como servente de pedreiro e tecelão. Em 1987, formou-se no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) como eletricista instalador predial.

Na política, Angioletti foi candidato pela primeira vez em 2016, quando foi eleito o quarto vereador mais votado com 1.814 votos. Em 2020, disputando pela segunda vez a eleição para o cargo no Legislativo Municipal, tornou-se o vereador mais votado da história da cidade com 4.186 votos. Em janeiro de 2021 foi eleito vice-presidente da Câmara para o biênio 2021/2022.

“Estou ouvindo o povo durante os 4 anos e fazendo o que a população pede, e não atendendo a grupos de interesse. E assim farei nessas próximas semanas. Não sou candidato a deputado, porque isso era um desejo dos políticos que precisam atender as legendas. O que o povo me pede é para 2024, e não vou usar a candidatura de deputado como “trampolim”. Me preparo diariamente para servir a população com mais eficiência e aos projetos que ela quiser”, comenta Angioletti.

Marcelo Werner dá início a campanha eleitoral

Com uma experiência de mais de 20 anos na política, Marcelo Werner (PSC) vai em busca do sonho de ser deputado federal. A campanha teve início nessa terça-feira, 16, com uma agenda cheia de viagens pela região de Itajaí. Marcelo vem conquistando apoiadores em toda Santa Catarina (SC), principalmente daqueles ligados ao segmento da pessoa com deficiência, onde tem uma atuação efetiva desde seu primeiro mandato como vereador de Itajaí, em 2008.

A motivação à candidatura se deu em razão do desejo de dar voz e poder ajudar ainda mais as pessoas. Itajaí está há mais de 30 anos sem eleger um deputado federal, o que dificulta o retorno de recursos vindos do Governo Federal. Por esse e outros motivos, Werner quer ser o representante do Litoral Norte de SC em Brasília.

“Me sinto preparado para representar nossa região na Câmara dos Deputados. Estou licenciado do meu terceiro mandato como vereador e presidente da Câmara de Itajaí, experiências que me possibilitaram total conhecimento da esfera pública. São mais de 20 anos ouvindo as pessoas, criando leis, brigando por melhorias à população, quero agora poder fazer mais pelo nosso povo. Como deputado federal, as possibilidades são infinitas e eu tenho muita vontade de trabalhar”, destaca.

Werner, que é cego total, tem uma trajetória de lutas e conquistas voltadas ao segmento das pessoas com deficiência. Ao longo de seus mandatos, criou diversas leis de inclusão e acessibilidade. Podemos citar a criação do Bolsa Atleta, a lei que exige a instalação do piso podotátil em todas as calçadas de Itajaí, a lei de gratuidade do transporte coletivo a pessoa com deficiência, a lei que obriga a disponibilização de carrinhos adaptados nos supermercados, a lei de garantia do ingresso de pessoas com deficiência e de seu cão de assistência em veículos de transporte remunerado de passageiros, entre outras. Em Brasília, Werner que continuar lutando pela causa e ter a possibilidade de trabalhar ainda mais em prol das pessoas com deficiência.

Apenas um dos 513 deputados federais tem deficiência
Segundo o último senso, cerca de 23% dos brasileiros tem algum tipo de deficiência, desses, 7% declaram ter grande ou total dificuldade de ouvir, enxergar ou andar. Por isso é muito importante desenvolver projetos para essa parcela da população. Hoje, dos 513 deputados federais, apenas um tem deficiência. A representatividade precisa aumentar.

Campanha Saúde Balneário Piçarras 2023
Campanha Educação Balneário Piçarras
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -
Publicidade

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -
Publicidade

Colunistas

Prefeitura de Penha inicia projeto de revitalização da Avenida Eugênio Krause

0
“Esse é um projeto que eleva a capacidade de fluidez e mobilidade do trânsito central da nossa cidade. Com esse arrojado projeto, caminhamos em...
O professor é um mediador que coloca o aluno em um contato direto com conceitos e fontes adequadas.

Estreia coluna Sala dos Professores Opinião: Orgulho e representatividade

0
Neste sábado, especial dia dos mestres, estreia a coluna Sala dos Professores. O professor historiador Jairo Demm Junkes relata momentos do conhecimento e a figura da mediação dos professores com a sempre generosa cortesia da distribuíção dos méritos. A coluna recebe artigos inéditos dos profissionais da educação.
E não é só em números de aparelhos que nosso país está nas primeiras posições, em média gastamos 4 horas e 40 minutos diariamente (média) na frente deste aparelhinho. O smartphone virou o companheiro inseparável, vai desde o banheiro até a cama.

Uso excessivo do celular pode prejudicar postura

0
Professor Marcelo nos orienta na coluna Vida & movimento de hoje sobre os malefícios do uso excessivo do celular
Aproveitem a estação com muito movimento, fiquem ativos, fiquem bem.

Apesar do outono favorecer sedentarismo, é importante manter foco nas atividades físicas

0
Professor Marcelo Albuquerque alerta para espantar a preguiça na estação outono
- PUBLICIDADE -
Publicidade

Comentários recentes